Plantas em geral

Árvores

Opções de plantas e materiais que podem ser colocados ao redor de arvores. 

Algumas imagens foram tiradas do google imagens e outras são de alguns projetos que realizei. Espero que gostem !!!!


Na imagem abaixo podemos observar as palmeiras trachycarpus. Ao redor delas foi colocada a forração de azaléia anã, que floresce quase o ano inteiro.

Sol durante a maior parte do dia.

Adubação com NPK 04 - 14 - 08. Regar após a adubação.




Na imagem abaixo coloquei uma arvore magnólia com lavandas ao seu redor.

Sol durante a maior parte do dia.

Adubação com NPK 04 - 14 - 08. Regar após a adubação.





Na foto abaixo temos uma jabuticabeira e coloquei ao seu redor a forração de agapantos. O agapantos floresce durante as estações da primavera e do verão.

Sol durante a maior parte do dia.

Adubação com NPK 04 - 14 - 08. Regar após a adubação.





Na foto abaixo temos uma jabuticabeira e coloquei ao seu redor a forração de begônia. A begônia precisa ser trocada aproximadamente a cada 3 meses.

Sol durante a maior parte do dia.

Adubação com NPK 04 - 14 - 08. Regar após a adubação.





Nas próximas fotos temos algumas opções de bancos de madeira ao redor de arvores - imagem google imagens.









Nas próximas 03 imagens temos bancos de plástico criados pela designer Roman Vrtiska.









Floreiras 

Quais opções de plantas que podem ser colocadas. Espero que gostem !!!!

Opções de plantas para se pendurar.

1 - Confete
2 - Samambaia
3 - Renda portuguesa
4 - Violeta pendente
5 - Tostão
6 - Peperonia
7 - Véu de noiva
8 - Flor de cera
9 - Lanterninha chinesa
10 - Peixinho
11 - Columéia
12 - Planta batom
13 - Gerânio
14 - Petúnia


Essa foto abaixo é de uma construção que fica na região da Toscana. Achei muito bonita essa combinação de flores. As flores que tem nas floreiras são os famosos gerânios. Florescem durante as estações da primavera e do verão.
Sol durante a maior parte do dia.
Adubação com NPK 04 - 14 - 08. Regar após a adubação




Essa foto abaixo foi tirada em Campos do Jordão. Nessa floreira podemos observar várias tons de gerânios.





Foto tirada de outro ângulo.




Essa foto abaixo é de uma construção na Toscana. Achei bem interessante a diversidade de cores e espécies que temos nessa imagem. Observa-se diversas cores de gerânios, petúnias e Kalanchoes.
Petúnias florescem durante a estação do verão
Kalanchoes florescem durante o ano inteiro
Adubação com NPK 04 - 14 - 08. Regar após a adubação.
Sol durante a maior parte do dia.




Essa foto abaixo é de uma construção tambem da Toscana. Possui uma variedade de gerânios e petúnias. Ficou muito lindo !





Nessa foto abaixo observamos gerânios plantadas em um vaso de fibra de côco.





Nessa foto abaixo temos um Bacsac com diversos temperos. O legal do Bacsac é que fica bem mais fácil de transportar as plantas de uma lugar para outro.





Trepadeiras

As opções de trepadeiras são diversas. Vou citar algumas opções e coloquei abaixo algumas imagens.

1 - Parreira
2 - Maracujá
3 - Congéia
4 - Glicinia
5 - Jade
6 - Jasmim dos açores
7 - Clerodendro
8 - Ipoméia
9 - Tumbergia azul
10 - Jasmim estrela
11 - Sapatinho de judia
12 - Cipó roxo
13 - Trombeta chinesa
14 - Cuspidaria
15 - Madressilva
16 - Hera alemã
17 - Alamanda
18 - Primavera



Provence - Chateau de Berne - Roseiras



Bento Gonçalves - RS - Primaveras



São Paulo - Residência Cliente - Tumbergia



São Paulo - Residência Cliente - Ipoméia rubra




Foto Internet  - Jasmim



Foto Internet - Alamanda amarela



Foto Internet - Clerodendro



Foto Internet - Ipoméia rubra




Foto Internet - Maracujá



Foto Internet - Sapatinho-de-judia




Foto Internet - Jasmim



Campos do Jordão - Glicínia




São Francisco Xavier - Pousada Villa Vittoria - Primavera



São Francisco Xavier - Pousada Villa Vittoria - Primavera



Trepadeiras em muros


Essa foto abaixo foi tirada na vinícola Miolo em Bento Gonçalves - RS.  Achei muito bonita a trepadeira cobrindo toda a fachada da construção. A trepadeira é a falsa-vinha.







Abaixo estarão postadas algumas imagens da Provence e da Toscana. A fachada dessa loja ficou super criativa e convidativa.



Provence




Provence



Provence



Provence



Provence



Provence



Provence



Provence



Provence



                                                                        Toscana



                                                                             Toscana




São Paulo

Roseiras 
A roseira é uma planta resistente, mas requer alguns cuidados para se manter saudável.  

Elas devem ser cultivadas no sol e bem arejadas. 

Precisam de no mínimo seis horas  de sol por dia para que floresçam.

Vão bem em qualquer solo, mas preferem o solo argiloso, boa drenagem e pH neutro. 

O húmus é muito importante para as rosas.

                                                               
Passo a Passo desde o plantio até a adubação

Plantio

Não recomendo plantar no verão pois é muito quente e a planta pode sentir mais do que deveria.

O canteiro para plantio deve ser cavado em até 40 cm de profundidade. O espaçamento entre as mudas dependerá da espécie e porte da planta.

Rega

Após o plantio até a primeira floração regar todos os dias. Após esse período regar somente uma vez por semana no inverno e duas vezes por semana no verão

Podas 


A primeira poda deve ocorrer após um ano do plantio e deve ser realizada uma poda drástica , que ocorrerá entre os meses de julho e agosto. São necessárias pelo menos três podas por ano sendo uma drástica e as demais somente de limpeza.  

A poda drástica, feita em julho, durante o inverno, serve para aumentar a nova florada. Cortar  20 a 30cm dos galhos mais altos.

Durante o resto do ano, pode-se fazer a poda de limpeza, quando serão retiradas as flores e folhas velhas, para não prejudicar o desenvolvimento da roseira. 

Além disso, deve-se também cortar 2 ou 3 brotos (gemas) para estimular a brotação. Uma poda bem feita é garantia de flores bonitas e saudáveis e até dobra a produção a cada florada. 

O importante é fazê-la corretamente caso contrário irá expor a planta ao ataque de pragas.

A poda passo a passo

Fazer com um instrumento bem afiado e limpo para que não prolifere pragas e tambem não esmague o ramo.Não usar tesourinhas de podas que tiverem enferrujadas.

Desinfete a tesoura com álcool antes de cortar um galho sadio.

Use uma luva bem grossa para dar machucar as mãos pois as roseiras possuem muitos espinhos e eles acabam machucando.

Comece limpando bem a roseira, ou seja retirando os galhos mortos, fracos, doentes ou atravessados no centro, que estejam impedindo o sol de atingir toda a planta. 

Não esquecer que cada espécie de roseira precisa de um tipo de poda por isso verificar a espécies antes de começar o serviço para não prejudicar a planta.

Fazer sempre o corte em ângulo ou seja inclinado.Esse período é ideal pois incentivam o surgimento de novos brotos e aumentam a floração.

Durante o primeiro ano de desenvolvimento da planta, é necessário retirar toda brotação que surgir até cerca de 15 cm acima do ponto de enxerto.

Iniciando a poda da roseira formada, corte os brotos novos junto ao solo, deixando um toco de 12 a 15 cm a partir do ponto de poda anterior. Faça essa poda com o uso de luvas para proteger as mãos contra os espinhos.

No galho devem ficar de três a quatro gemas (brotos).

Poda específica para cada espécie de roseira:

Poda baixa

Espécies: rosas-rasteiras, híbridas-de-chá , miniaturas, roseiras trepadeiras, cercas vivas e arbustivas.

Fazer a poda mais drástica com o objetivo de rejuvenescer as hastes e favorecer uma floração abundante.

Para realizá-la, comece fazendo uma limpeza, cortando todos os galhos secos, velhos, fracos e mal formados.

A seguir, corte todas as ramas a uma altura de 20 a 25 cm, tendo como base o ponto de enxerto.

Para favorecer a brotação, faça o corte em diagonal, sempre 1 cm acima da gema mais próxima.


Poda parcial

Espécies: roseiras silvestres e trepadeiras. 

Durante o primeiro ano de crescimento, as hastes não florescem, sendo o período ideal para se fazer a poda.

Comece fazendo a limpeza das hastes secas, velhas e fracas.

Após isso podar as outras hastes, na medida de 1/3 de seu comprimento total.

O restante da haste deve ficar preso ao tutor, em forma de arco, para que todas as gemas aparentes possam brotar.

Poda alta

Espécies: cercas-vivas e roseiras arbustivas. 

Primeiro faça uma limpeza de todos os ramos velhos, fracos e mal-formados. Depois faça a poda na altura de 80 cm a 1 metro. Deixe as hastes mais fortes um pouco mais longas e procure manter uma altura adequada ao local onde a roseira está plantada.

Após a poda

Limpar completamente o canteiro retirando todo o mato ao redor da roseira.

Regar diariamente, até que comecem a surgir às primeiras rosas. Elas devem aparecer após aproximadamente dois meses e meio depois da poda.

Adubação

A primeira deve ser feita após a poda anual. 

A segunda, entre novembro e dezembro e a terceira, entre janeiro e fevereiro.

Revolver o solo e aplicar esterco de gado ou de galinha.

Misturar bem o fertilizante com a terra e após isso cobrir o solo com grama seca.

Fonte  de pesquisa: Internet em sites de jardinagem